CGFNS - Detalhes do processo

Detalhes do processo de validação internacional de diploma

17 · setembro · 2019   |  em cgfns

A validação do diploma de enfermagem é essencial para conseguir trabalhar como enfermeiro nos Estados Unidos. Vamos comentar neste blog sobre o CGFNS (CGFNS – Commission on Graduates of Foreign Nursing Schools), umas das instituições mais aceitas por muitos Boards, ou Conselhos de Enfermagem dos Estados Americanos.

Apesar de envolver vários processos, a concessão e validação do diploma não é algo difícil. Basta conhecer e realizar cada procedimento, para que assim você possa se candidatar a um excelente emprego nos EUA.

A atratividade dos salários e as ótimas condições de trabalho fazem com que todo esforço valha a pena. Por isso, se você possui fluência no inglês e quer se realizar na enfermagem a nível internacional, este artigo é especialmente para você!

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e confira!

O que é o CGFNS

O CGFNS é umas das instituições responsáveis pela validação do diploma de enfermeiro nos Estados Unidos, fazendo com que seja possível dar entrada ao processo de visto de trabalho através de um sponsor ao profissional estrangeiro. As opções de certificação tem vários objetivos, como emprego, estudos ou imigração.

Esta instituição ao final desta etapa gera um documento chamado CES – Credentials Evaluation, que basicamente comprova que seu diploma é válido nos EUA. A CES também é dividida entre busca por trabalho ou fins de estudos.

Vamos falar por um pouco mais sobre esta etapa no CGFNS:

Requisitos para iniciar o processo

Proficiência em inglês

Um dos primeiros requisitos para validar o seu diploma e realizar todas as etapas para trabalhar como enfermeiro nos Estados Unidos é a comprovação da proficiência em inglês. Na maioria dos estados, é preciso fazer o teste e alcançar uma pontuação mínima exigida no TOEFL ou no IELTS, que é determinada por cada Board de Enfermagem.

Por isso, o estudo e a preparação para esses exames é essencial e precisa ser realizado antecipadamente. A fluência no inglês pode ser exigida durante a etapa do CGFNS, ou pelos Conselhos de Enfermagem do Estado. Nós da ACP sempre orientamos: invista no inglês! Não acredite que você possa trabalhar nos EUA sem a fluência no inglês, o estudo do idioma é essencial e mesmo que você encontre um Board que não exija a proficiência dos testes, o seu empregador e seus pacientes irão exigir.

Escolha do Board e Documentos

Primeiramente será preciso fazer o seu cadastro na plataforma do CGFNS. Para isso, basta acessar o site, ir até o espaço de login, clicar em CGFNS connect e se cadastrar como novo usuário.

Será preciso escolher entre os serviços disponíveis. Para quem deseja trabalhar nos EUA como enfermeiro, muitos Boards irão exigir a CES profissional. Lembrar sempre que cada estado possui suas leis e particularidades para certificação.

Para atuar como enfermeiro em Nova Iorque, por exemplo, existe um formulário específico e separado. Por isso, é preciso conferir esses detalhes do Conselho de Enfermagem do Estado primeiramente.

Sobre os documentos, além das informações pessoais, será preciso incluir os dados sobre sua escolaridade (educação primária, segundo grau, e universidade), experiência profissional e registro no COREN. Além disso, será preciso traduzir e juramentar cada uma das páginas antes do envio ao CGFNS.

O site separa os documentos e formulários que o solicitante – no caso você – deverá preencher, e também os que devem ser encaminhados e preenchidos pela sua instituição de ensino superior e pelo seu conselho de enfermagem.

Prazos e taxas

Ao acessar a plataforma do CGFNS é possível conferir os prazos máximos que a associação tem para verificar cada um dos documentos e dar um retorno ao solicitante. Além disso, para cada processo existe uma taxa que deve ser paga para iniciá-las, os valores também estão especificados no site.

O cumprimento de todas essas fases citadas te darão acesso ao CES, que basicamente resume todas as informações e confirma a validação do seu diploma nos EUA, e este documento será enviado ao Board de Enfermagem de sua escolha.


Esperamos que esse conteúdo tenha sido esclarecedor sobre como iniciar sua caminhada rumo ao sucesso profissional internacional. A ACP oferece consultoria durante todas as etapas necessárias para ser um enfermeiro licenciado, além de já atuar como seu sponsor no processo imigratório. Converse conosco!

E para continuar por dentro de dicas e informações importantes para atuar como enfermeiro nos EUA, continue acompanhando o nosso blog!

Ebook tudo o que você precisa saber para se tornar enfermeiro nos Estados Unidos

comments powered by Disqus