Novidades do TOEFL

Confira o que mudou no exame

4 · julho · 2019   |  em ingles

Para quem deseja trabalhar ou estudar nos Estados Unidos, ter uma boa pontuação no TOEFL é parte essencial para ser admitido e se destacar entre os candidatos. O exame é reconhecido mundialmente e aceito em todas as instituições de países que falam a língua inglesa.

O Board of Nursing da Geórgia exemplifica a importância desse exame, pois só aceita o TOEFL como teste de proficiência. Além disso, eles exigem uma pontuação de 79 no TOEFL IBT.

Caso você opte pelo IBT, precisará de 83 pontos para conquistar o visto. E mais, só na seção Speaking sua pontuação precisará alcançar os 26 pontos. Por isso, para enfermeiros que desejam trabalhar nos EUA, estar por dentro das novidades do TOEFL é determinante para ter um ótimo desempenho.

Com o objetivo de oferecer uma experiência ainda melhor aos estudantes e candidatos ao TOEFL IBT, a ETS anunciou algumas alterações importantes. A nova estrutura será implantada a partir de agosto de 2019.

Para ajudar aqueles que estão se preparando para o teste, listamos de forma prática quais serão essas mudanças. Desse modo, você poderá ajustar os seus estudos e o seu ritmo de acordo com o novo modelo.

Quer saber mais? Então continue a leitura e confira!

TOEFL Reading

Na etapa de Reading do exame, as mudanças serão aplicadas ao número de questões e, consequentemente, ao tempo de duração da prova. No modelo atual, o exame conta com 12 a 14 questões no Reading.

Com as alterações, o número de perguntas cairá para 10. No entanto, o número de passagens permanecerá o mesmo.

É importante lembrar que a redução de perguntas não significa que elas serão mais fáceis. Isso, porque, com um número menor de questões, o peso de cada uma aumenta. Ou seja, cada pergunta terá muito mais peso em sua nota final, reduzindo assim a sua margem de erros permitida para ser admitido.

TOEFL Speaking

Na fase do Speaking, as mudanças ocorrerão em duas questões. Na antiga versão do exame, a pergunta 1 era independente, onde o aluno deveria responder a uma questão aleatória.

Na nova estrutura, essa questão não será mais aplicada, sendo excluída do exame. Além disso, também haverá mudanças na questão 5, onde era preciso escolher entre duas opções para a questão apresentada e dar a sua opinião pessoal sobre isso.

No novo modelo do TOEFL, a questão 5 também não será mais aplicada. Ou seja, as duas questões independentes que valiam metade do score no speaking não existirão mais. Ao invés disso, o exame contará com apenas uma pergunta independente, que valerá a metade do seu score nessa etapa. Se essa alteração facilitou ou não para os alunos, dependerá do seu ponto de vista.

Mas, de modo geral, apenas uma única questão já representará 50% de sua nota final no speaking. Ou seja, será essencial evitar qualquer erro para manter um desempenho.

TOEFL Listening

Nos testes de listening, o número de palestras realizadas no exame também foi reduzido. Na estrutura antiga, eram realizadas cerca de 5 a 6 palestras, já na atual, serão de 3 a 4. No entanto, o número de conversas permanecerá o mesmo dentro dessa nova formulação.

TOEFL Writing

Em uma visão geral, o TOEL writing não sofrerá mudanças em sua estrutura. No entanto, poderemos notar algumas alterações dentro dos tópicos.

Além de apresentar alguns tópicos mais longos, alguns testes estão vindo com opções de múltipla escolha na etapa de writing.

Score Report Card

Dentre as novidades do TOEFL, a ETS agora irá combinar o melhor score de cada skill dos últimos testes realizados pelo aluno, preparar e enviar um relatório final apresentando as melhores notas. A aceitação dentro de cada instituição dependerá do que for decidido pelas mesmas.

As pontuações analisadas incluirão os resultados dos últimos 2 anos. Sendo assim, isso poderá ser levado em conta na hora de admitir ou não um candidato para trabalho ou estudo.

As novidades do TOEFL reduziram o tempo do exame

Como resultado de todas essas alterações e mudanças, o exame terá um tempo reduzido, tendo assim 30 minutos a menos do que anteriormente. Essa mudança ajudará a reduzir o cansaço dos alunos ao realizar a prova.

No entanto, a atenção necessária em cada etapa precisará ser redobrada, pois a diminuição da margem de erros e o tempo reduzido afetarão o seu ritmo ideal no exame.

Por isso, começar a treinar e adaptar os seus estudos dentro desses novos padrões já é uma excelente estratégia para estar à frente e garantir o melhor aproveitamento do tempo. Investindo, assim, em uma aprovação de sucesso!

Se você gostou de saber mais sobre as novidades do TOEFL, compartilhe este artigo em suas redes sociais e ajude seus amigos enfermeiros a se atualizarem.

E para continuar por dentro de dicas e informações importantes para atuar como enfermeiro nos EUA, continue acompanhando o nosso blog!


comments powered by Disqus